Olá Leitores! Tudo bem?

Hoje estou aqui para relatar uma nova experiência com o BellyMamãe. Uma oficina de dança do ventre voltada para a empatia: “Oficina O Gestar: Um Olhar Empático Pelo Outro. Trabalhando a Humanização pela Dança”

A oficina tem como objetivo levar o estado do Gestar e do Pós-parto para qualquer pessoa, por meio da dança, para trabalhar a empatia, o estar no lugar do outro em diversas situações do cotidiano. Ela é construída a partir de momentos:

  1. uma palestra comigo sobre o livro de “Solo a Duas. dança e Gravidez: Por Uma Abordagem da Fluência”
  2. a experimentação prática do Gestar a partir de dinâmicas e simulações.

Início da Oficina

Essa oficina aconteceu no último dia 25 de julho de 2018 a convite do coordenador do curso técnico em Dança da Escola de Artes de São Paulo. A oficina se deu na semana em trânsito, semana de recepção dos novos alunos, e eu, sendo ex-aluna, fui convidada a ministrar essa oficina que se originou do Trabalho de Conclusão de Curso em dança pela mesma instituição.

 

 Experimentação!

 

 

Durante a conclusão do curso em dança eu estava aos 8 meses da gestação e apresentei um trabalho teórico e prático que se consolidou, meses depois, em um livro. Nesta oficina levei a experimentação do Gestar com as dificuldades e estratégias das gestantes e mamães com bebês de colo no dia a dia.

 

 

  Barriga da Empatia!

 

Nesse encontro passeamos pelo universo materno por meio da dança, do movimento, do olhar do outro. Uma oficina guiada para experimentação prática da dança do ventre em um corpo gestante ou no pós-parto com o bebê no colo.  Para isso, nós levamos a BELLY – a barriga da empatia para simular o peso  adquirido na gravidez e, para os outros alunos, utilizamos as próprias mochilas para provocar a sensação do peso. Outros alunos vivenciaram estar com um bebê no colo e toda a ação voltada ao cuidado desse ser.

 

 

 

E, assim, se deu quatro horas que englobou palestra e experimentação prática da “Oficina O Gestar: Um Olhar Empático Pelo Outro. Trabalhando a Humanização pela Dança”. Nossos experimentos foram intensos, vividos e dançados e o retorno ao final deles foi de extrema emoção – relatos reais, de situações vividas por eles e tudo em forma de DANÇA!

 

Turma de Dança da Escola Técnica de Artes de São Paulo

 

Agradecimentos especiais:

Gratidão a Luciana Minami pelas imagens e toda assessoria!
Gratidão ao professor coordenador do Curso de Dança Luiz Anastácio pelo convite para Gestar essa tarde junto aos alunos do curso. Também um carinho especial aos professores que me deram todo suporte nos bastidoresPatrícia Aockio, Fabiana Villas Boas e Júnia Pedroso.
Aos alunos do curso, de todos os períodos, estou extremamente feliz pela produção nessa tarde maravilhosa. Foram as 4 horas mais fortes em se colocar no lugar do outro que eu já presenciei. Vocês são demais!

 

Obrigada Pela Leitura!
Caso tenha interesse em ter essa oficina em sua escola, empresa, associações entre em contato conosco!

Beijos

Liana Matos.